Domínio Público


A nova nudez by vinacherobino
28 agosto, 2006, 1:59 pm
Filed under: internet, privacidade, sociedade, tecnologia, Vinícius Cherobino

Aí, numa trapalhada que causou bastante barulho na internet, a AOL (recentemente falecida por essas bandas) acabou divulgando resultados de pesquisas de cerca de 650 mil usuários. Mais de 20 milhões de registros. Mas deu merda, descobriram. Era para fins acadêmicos, disse. A desculpa não fez muita diferença, já que o pessoal que defende a privacidade caiu de boca.

Dizendo que a montanha pariu o rato, o agitador português me inquire ríspido: “Ah, mas foram resultados de pesquisas de usuários anônimos”. É, tem razão. Não tem um nome completo com endereço e telefone do lado dos registros de buscas. Mas, peraí, tem esse número aqui do lado. Opa, isso é o número de usuário da Aol? Ah, não. Deixa eu fazer uma pesquisa… Pô, descobri.

Não foi exatamente esse monólogo interior, mas foi isso que um repórter do NYTimes (texto completo pago) fez. Publicaram, com foto, uma velhinha que queria controlar seu cãozinho mijador. Abriram o precedente. Resultado: os geeks se uniram e garimparam um outro tantinho de histórias muito bonitinhas. E, de repente, ficou possível descobrir o tal do nome completo de quem pesquisou.

Há uma boa matéria na Slate sobre isso. Paul Boutin usa uma ferramenta especial para analisar os registros de pesquisas e, bom, se diverte a valer. O rapaz consegue cruzar as referências buscadas e, também, os horários. O resultado é assustador. Além de fundar as bases do que pode se transformar num estudo antropológico sobre o comportamento das pessoas na rede, ainda define alguns tipos de perfis de pesquisa. Em qual você se encaixa?

E por essas é outras que a avenida do Jóquei nunca fica sem carros parados no lado direito. Aliás, como esses americanos não sabem escrever bestiality???

Anúncios

3 Comentários so far
Deixe um comentário

hehehe… e esse lance de busca está vindo parar aqui por essas bandas da redação.
Eu já instalei a ferramenta no meu blog…rs

Comentário por Fabi

Meu pai sempre disse “que nunca estamos sozinhos”, começo a acreditar nele!!!!
Abraço

Comentário por Flavius Deliberalli

[…] É triste. Escrevo aqui, num ato religiosamente semanal, e poucos me lêem. Na definição dos negócios, devo estar participando de um blog D level, menos de 100 acessos diários, sendo uns tantos bem viciados. Bom, o Domínio não é revolucionário, não tem grande design, não conta com nomes consagrados (tirando o Lusa, claro); em suma, não vai mudar o mundo.  […]

Pingback por Blogando no deserto « Domínio Público




Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: