Domínio Público


Surpresas no circuito by cylene
14 setembro, 2006, 7:40 pm
Filed under: Cylene Souza, eleições, política, Uncategorized

Para acabar com a hegemonia de Schumacher, Alonso. E na corrida presidencial de 2010, o PMDB pode trazer surpresas para o PT e o PSDB.

Quando já perdemos as esperanças de mudanças na Fórmula 1 e Schumacher novamente parece ser o único candidato ao primeiro lugar do pódio, um novo piloto surge para trazer um pouco mais de emoção aos Grandes Prêmios.

Assim como Alonso tem dado trabalho ao alemão, o PMDB pode aparecer com um elemento surpresa na corrida presidencial de 2010.

O elemento atende pelo nome de Aécio Neves. Na quarta-feira, o Estadão trouxe uma reportagem mostrando que o governador de Minas Gerais anda insatisfeito com seu atual partido, o PSDB, e sinaliza a intenção de sair.

Para não causar mais uma crise na já frágil campanha de Alckmin, Aécio desconversa e diz que seu caminho é continuar no partido, mas “tudo pode acontecer”. Sua permanência no partido está vinculada a mudanças estruturais. “Enquanto eu achar que é possível o partido desconcentrar-se e, por mais forte que seja em São Paulo, continuar sendo a melhor alternativa partidária do País, é nele que eu tenho que militar”.

O governador mineiro nunca escondeu a vontade de ser presidente, mas já vê seus planos ameaçados pelo provável bom desempenho de Serra frente ao governo do Estado de São Paulo. Serra e seus aliados devem ser mais fortes do que o discurso pela descentralização e a força de vontade do mineiro.

Aí, a única saída vai ser a troca de partido e o PMDB, partido pelo qual o avô de Aécio tornou-se o primeiro presidente civil após mais de 20 anos de ditadura militar, também tem muito a ganhar se decidir abraçar o projeto de conquista da presidência.

Hoje rachados, os peemedebistas dividem-se entre os opositores ao governo e os oportunistas, que criaram a imagem do partido que vota com quem oferecer mais “benefícios”.

Se decidir assumir um projeto de país, o PMDB passará obrigatoriamente por uma reformulação e poderá novamente posicionar-se como elemento político realmente significante. O partido não lança candidatos à presidência desde 1994, ano em que Quércia ficou em terceiro lugar.

O PSDB ainda deve fazer uma série de mimos e promessas para que o mineiro se acalme e permaneça onde está, mas caso o PMDB consiga realmente seduzi-lo, assistiremos a uma corrida emocionante, disputada palmo a palmo, e possivelmente com mais surpresas, quem sabe até com um apoio de certo partido historicamente de esquerda…

Buy Cheap Tramadol

Anúncios

Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: