Domínio Público


Os idiotas by Daniela Moreira
27 outubro, 2006, 3:01 pm
Filed under: Análise da Mídia, Daniela Moreira, internet, sociedade

O mundo está cada vez mais cheio de idiotas. Nelson Rodrigues já o dizia há alguns anos, sem nem ter presenciado o boom de idiotice que essa coisa chamada internet nos proporcionou. Não é que a internet tenha parido idiotas, como defendeu o Tutty Vasques, no seu próprio manifesto contra os “ciberidiotas”.

O fato é que a internet lhes deu voz. É a democracia digital… Todo mundo diz o que bem entende, inclusive – se não principalmente – os idiotas. Não se trata só, como disse o Tutty, de uma geração de adolescentes que cresceu achando que sabe tudo só porque pode procurar no Google ou na Wikipedia. Essa pode até ser uma variação da espécie, mas tem idiota “bem grandinho” na rede expressando sua idiotice a torto e a direito.

O “ciberidiota” é, na verdade, uma espécie de idiota com superpoderes. A internet deu ao idiota, por exemplo, o poder do anonimato. Na grande rede, você pode ser idiota à vontade sem sofrer nenhum constrangimento social. Basta criar um apelido – idiota – e sair falando todas as barbaridades que você quiser. Ninguém precisa saber quem é você na vida real. No Brasil, provedor nem precisa guardar registro de acesso, então, fique à vontade pra ser um idiota! Ninguém vai te pegar.

Mas não pára por aí. A internet é também um excelente ponto de encontro para os idiotas. E quando um idiota encontra outro idiota na rede, dá-se o milagre: nasce uma comunidade pedófila ou neonazista no Orkut! Aí tem gente que nem se dá mais ao trabalho de usufruir do poder do anonimato. A união faz a força dos idiotas em rede.

Mas tudo isso são meios. O que defendo aqui é que a essência da idiotice é mais ou menos a mesma. O cara que na mesa do jantar defende a “Rota na Rua” é o mesmo que vai criar a comunidade “Rouba, mas faz” na web. E mais, o “modus operandis” também é o mesmo. Se você não tem argumentos para questionar a opinião alheia, cuspa na cara, ofenda, deboche, chame o blogueiro de veado, qualquer coisa que o permita dar vazão à fúria de ser contrariado. Debater, contestar e quem sabe até (aí está o impensável para o idiota) mudar de posição, jamais.

Se há solução para o problema dos idiotas, não sei. Se na “Revolução dos Idiotas” do Nelson eles estavam cada vez mais em saídinhos, hoje em dia pode-se dizer que eles escancaram de vez – seja na capa de Caras ou na Casa Branca. Para os idiotas comuns, a internet funciona como uma grande vitrine, documentando as idiotices que antes ficavam no ar, em comentários no ponto de ônibus, na sala de estar ou na mesa do bar.

Acho, no entanto, que há algumas medidas úteis e necessárias para conter a idiotice, ao menos no mundo virtual. O Pedro Dória baixou um regulamento no weblog do No Mínimo que pode soar fascista, mas me pareceu bastante acertado. Em linhas gerais, está proibido ser idiota no blog dele. Começou com idiotice, vai ser sumariamente deletado e pronto, acabou.

A mesma regra passa a valer pra este Domínio, que me parece imune a este risco, já que nossa audiência é pequena, mas muito qualificada. Mas nunca se sabe. Outro dia um blogueiro amigo publicou um post descendo a lenha nos idiotas que infectam o computador com vírus ao abrir e-mails com supostas fotos dos corpos das vítimas do acidente da Gol. Adivinha o que aconteceu? Uma enxurrada de acessos ao blog dele trazidos pela maravilha das buscas. De idiotas procurando imagens do acidente da Gol.

Por via das dúvidas, está proibido ser idiota no Domínio Público, e pronto, acabou.

Anúncios

11 Comentários so far
Deixe um comentário

Nós, os idiotas, estamos nos unindo para te pegar.

Te prepara!

Comentário por Idiota

Eu tive um professor de cultura religiosa na oitava série (1990) que, interrompendo uma conversa de garotos sobre o ano 2000, lançou : no ano 2000 o mundo será dominado pelos otários

profético!

Comentário por Pirata Psíquico

Quem é o idiota que te ameaçou aí em cima?

Comentário por Lusa

Estamos numa esquina da democracia.

Se você pensar que os Blogs – ou de qualquer descentralizada de “divulgar noticias” – em alguns anos irão ter mais importância que a mídia tradicional no papel de “nos manter informados”, isso quer dizer que cada vez mais teremos que tolerar idiotas.

Idiotas criminosos que festejam o racismo e outras formas de ódio devem ir para a cadeia junto com qualquer outro tipo de criminoso. Porém, idiotas que apenas cometeram o gravíssima falta de “serem idiotas”, esses infelizmente devem ter seu lugar na internet, como mais um preço a ser pago pela liberdade de expressão.

Por outro lado, concordo que o lugar deles na internet não tem de ser na minha caixa de comentários. Vão ter de procurar outro lugar para se expressar…

Comentário por Eduardo

[…] Não por outro motivo a profusão de idiotas tão bem diagnosticada neste Domínio pela colega Dani Moreira. Mas além de idiotas, a Internet também é um lugar repleto de otários, ou ingênuos, para ser mais politicamente correto, afinal todo mundo acha que está vacinado contra o golpe até o dia que ele vem. […]

Pingback por Danou-se, a luz acabou « Domínio Público

“Se você pensar que os Blogs – ou de qualquer descentralizada de ‘divulgar noticias’ – em alguns anos irão ter mais importância que a mídia tradicional no papel de ‘nos manter informados’, isso quer dizer que cada vez mais teremos que tolerar idiotas.”

vai dizer que a gente já não tem que tolerar idiotas travestidos de ‘mídia convencional’? é só ver o sucesso q mr manson e cia fazem por aí às custas deles.

Comentário por maurelio

[…] (Os idiotas II) Relutei em voltar ao tema. Podem dizer por aí que pintou um bloqueio, que estou me repetindo, o que seria um duríssimo […]

Pingback por Literatismo (Os idiotas II) « Domínio Público

[…] frente, uma equipe de idiotas. Idiotas um e idiotas dois. Gerenciando a trupe, vários esquerdistas filhos do Che e futuros síndicos. Está […]

Pingback por Em defesa da liberdade e contra remédios sexuais « Domínio Público

A internet democratizou de vez a informação. Qualquer opinião – seja idiota ou não – pode tornar-se pública. Basta o cidadão ter um computador, acesso a internet e se cadastrar em um blog. Particularmente tenho uma visão positiva disso. É que qualuquer cidadão pode expor suas idéias. O lado positivo é que se as idéias são idiotas, simplesmente o blog morre sozinho. E são boas, o blog sobrevive e continua passando a humanidade idéias boas, criativas e interessantes. É bom que seja assim. Já pensou se não houvesse idiotas? Pense: se todas as pessoas que publicassem textos na internet tivessem idéias grandiosas, você seria um deles ou seria um… idiota? Portanto acho que tudo depende do quanto a pessoa tem de conhecimento para passar. Se são idiotas, deixem eles verem por eles mesmos que ninguém lê o blog deles. Lembre-se: a internet acabou com o pré-conceito; todos tem o direito de opinar.

Comentário por Mauro

vc são os + idiotas que eu ja vi isso é verdade em

Comentário por iago

Ora!! Mas o que vemos aqui. Não sabes tu que não podes fugir à própria natureza, que a idiotice é e sempre será inerente a tua humanidade, que por mais que apontes a idiotice alheia, o faz usando da tua. Somos todos idiotas, o mundo é idiota, e mais idiotas ainda somos nós que conseguimos ver a idiotice que nos cerca. Feliz é o idiota que não o sabe ser.

Comentário por Indi ota




Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: