Domínio Público


As vésperas da indignação by vinacherobino
29 janeiro, 2007, 6:54 pm
Filed under: Análise da Mídia, blogs, internacional, internet, Vinícius Cherobino

Foi a sensação que tive na Itália: as pessoas andam esperando um momento, um instante, para desovar a indignação que seguram em grandes berros, urros, violência verbal com medo de se tornar física. Lembro dum caso numa rede de fast food com calorias medidas em toneladas. O tiozinho que estava depois de mim na fila, franzino e meio acabado, se apóia na lateral da escada para olhar para a parte de baixo do restaurante (havia dois andares). Uma tiazinha, mais jovem e gordinha, não vê ninguém na fila e toma o lugar imediatamente atrás de mim. O lugar do tiozinho. Ele percebe, ela não gosta. Está feito o escarcéu com vafanculo repetidos.

Por que eu contei essa história? Ora, porque eu ganhei um parágrafo e duas linhas. Mas, mais do que isso, queria uma imagem que pudesse mostrar como é o internauta brasileiro. Não há imagem melhor do que os dois italianos putos se xingando para mostrar isso. Não, minto, tem uma imagem melhor sim. Para quem é paulista – você provavelmente deve morar em São Paulo – lembre-se do trânsito. Os seus garotos (que é pejorativo suficiente sem ter relação com a idade em si) de braço para fora da porta, carros tunados, olhar enfezado e rebeldia a toda. Andam, sempre prontos para enfrentamentos seguidos de fugas espetaculares, sempre prestes a explodir, a combater qualquer um que duvide do poder da sua armadura de fino metal e som eletrônico. Pronto, em suma, para se indignar. Um indignar mecanizado.

Esse é o internauta médio brasileiro. As irritações súbitas, as perseguições cegas, a indignação que surge e vai embora com um clicar de botão. Vejo os comentários espalhados pela minha curta carreira de blogueiro e me assusto: os idiotas me adoram. O meu texto na Trivela no qual o Tio Afonso critica o título do Inter foi um absurdo: por ler algo diferente, se indignaram e amaldiçoaram todas as gerações cherobínicas anteriores. Talvez por eu ser, também, um idiota. Mas isso é outro assunto. O que importa, agora, é como é bonita essa frase: “o internauta brasileiro é um ser às vésperas da indignação”.

Toda a vez que vejo um movimento de “Basta”, normalmente acompanhado por algum assunto muito sério (violência, aborto, câmara dos deputados, torcedores do corinthians, sei lá), tenho vontade de chorar. Só isso… Sei que, assim como grande parte dos veículos de comunicação que também me despertam desejos semelhantes, não tenho outro remédio sem ser aceitar. Isso é algo tão brasileiro como, vá lá, a cocada. Mas cansa, como cansa…

Por isso, minha querida meia dúzia que me lê aqui (estou numa séria crise de otimismo), pense muito bem antes de comentar, antes de dar vazão à sua indignação. Lembre-se do trânsito. Lembre-se dos vafanculos. Lembre-se das mulheres de Atenas. Qualquer coisa, mas controle a sua indignação e tente, vá lá, fazer um protesto no meio da rua, todo mundo de branco, mãos dadas, gente jovem reunida. Senão adianta nada, pelo menos rende imagens melhores.

Anúncios

3 Comentários so far
Deixe um comentário

Estava vestido de azul, preto e branco o tio Afonso?
abs

Comentário por Lusa

Aí, o “senão” final é separado: “se não” é a forma correta…

Comentário por Dona Gramática

Até aqui, meu Deus, até aqui!

Como eu descobri quem era você? Fácil. Primeiro o Dona, denota superioridade, um ser a quem eu – constantemente – falto com o respeito. Respeito que lhe é tão caro e, francamente, a única coisa que te interessa em jornalismo. Já percebeu que eu me preocupo mais com outras coisas, né? Conteúdo, por exemplo.

A segunda? As reticências… Fica um ar de eterna compreensão, de quem – de bem lá de cima – vem ajudar os pobres ignorantes. (Eu tbm chequei o IP e batata!)

Ah, e realmente o se não é separado. Fui conferir. Parabéns. E vá para o inferno.

Comentário por Vinicius Cherobino




Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: