Domínio Público


A Lua está em Vênus! Faça alguma coisa! Ou não by Eduardo Simões
18 abril, 2007, 1:54 pm
Filed under: astrologia, Eduardo Simões, sociedade

Não tenho nada contra quem curte horóscopo. Eu mesmo leio de vez em quando (mentira, leio sempre), embora muitas vezes questione para mim mesmo a sobriedade do cidadão que escreveu aquilo.

Outro dia o pessoal aqui em casa comprou a “máquina de assar carnes sem gordura e mantendo todos os nutrientes e o sabor” daquele ex-campeão mundial de boxe. De brinde veio a assinatura de um jornal que a gente nem sequer pediu ou lê muito, porque a necessidade profissional me fez assinante de um outro que vai ter gente aqui dizendo que é mais a minha cara.

É aquela história, você pode não ler a página de política, economia do outro jornal, mas sempre vai dar uma passada de vista nas áreas de esportes, nos quadrinhos e, é claro, no horóscopo. Ainda mais quando enfiou na cabeça que precisa arrumar algumas coisas e esclarecer outras na sua vida.

Cidadão está decidido a tomar atitudes e corre para as páginas do horóscopo para dar uma sacada, quem sabe em busca de uma confirmação. Algo que diga: “Você é um aquariano nato, não fique aí sentado, vá expor suas idéias. Quem sabe faz a hora não espera acontecer”.

Aí corre no primeiro jornal, aquele que já é assinante costumeiro e que dá destaque de meia página, no alto, para o horóscopo, com direito a foto do cara que o escreve. O cara diz que “só o inexplicável” é capaz de explicar o que anda rolando na sua vida e lança uma filosofia “deixa a vida me levar” que tudo acabará se resolvendo.

Já o outro, o do jornal menos badalado que só veio parar à porta por causa do grill do campeão mundial de boxe, prega a ação “com coerência” para “conquistar tudo aquilo com que você mais deseja”. Um manda esperar, o outro dá sinal verde desde que se mantenha a coerência. Ahn? Fiquei confuso.

Talvez eu deva levar mais em conta o segundo, porque ele me chama a atenção para a movimentação da Lua em Touro quase da mesma maneira que um treinador chama a atenção de seu zagueiro para a movimentação do centro-avante em suas costas.

Ok, ok, os estudiosos vão dizer que é impossível cidadão escrever em algumas poucas mal traçadas algo tão complexo como a influência dos astros em nossas vidas e que o signo sob o qual a pessoa nasceu não é o único –talvez sequer seja o principal—fator a ser considerado no poder dos astros sobre os nossos destinos.

Mas o fato concreto, companheiros e companheiras, é que com a Internet. e já antes com os jornais, nunca na história desse país cidadão teve acesso a tanto horóscopo. Ta bom, pode ser mentira, mas não resisti a usar as expressões presidenciais.

De todo modo, tem muito horóscopo disponível, tem na Internet, tem nos jornais, tem nas revistas. E tudo do mesmo jeito, quatro ou cinco linhas recheadas de entrelinhas que você tem que abrir sua mente, deixar sua cretinice de lado e compreender para guiar seu dia, sua semana ou seu mês.

Eu sou um cara que gosta de absurdos. Não sei se isso tem a ver com o fato de eu ter nascido entre 21 de janeiro e 19 de fevereiro, mas isso é outra conversa, o que importa é que eu gosto de levar as coisas para o lado do absurdo numa discussão.

Então vamos lá. Num escritório em que todo mundo lê o segundo jornal, imaginem os aquarianos em polvorosa tomando atitudes, dizendo o que pensam e bradando a todo instante o mote de vários comentaristas esportivos “é como eu sempre digo” ou “eu já vinha dizendo” para expressar a enorme coerência com que norteiam seu comportamento.

Ou para quem lê o primeiro jornal, num departamento tomado por aquarianos. “Ei Peçanha, você pega aquele relatório para mim?” Peçanha não entende, acha inexplicável que o chefe de outra área esteja lhe pedindo para pegar um relatório e, como só o tempo pode explicar o inexplicável, não levanta da cadeira e deixa que as horas, minutos e segundos resolvam a situação.

Será que foi um horóscopo de três linhas que fez com que Sandy e Junior decidissem romper a parceria musical? Será que eu coloquei essa referência absolutamente sem nexo com o tema do texto só porque a minha verdadeira vontade era falar da separação dos filhos do Xororó e passar quase 3 mil caracteres repassando a carreira deles desde Maria Chiquinha até Imortal, mas fiquei com medo do julgamento das pessoas? Será que o horóscopo explica isso, ou deveria recorrer a um analista?

Enfim, fico por aqui, tenho pouco tempo para buscar uma terceira opinião, um desempate astrológico entre aja com coerência e sente a bunda na cadeira e deixe o tempo passar. Desejem-me sorte!

Anúncios

1 Comentário so far
Deixe um comentário

Hahahahaha. Lusita, usar o mesmo texto para sacanear a astrologia, o Lula e revelar uma paixão secreta pela Sandy (ou será pelo Junior?) é demais. Só podia ser coisa de aquariano… 😉

Comentário por danielamoreira




Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: