Domínio Público


Endireita? by Gerson Freitas Jr.
17 agosto, 2007, 2:37 am
Filed under: Cansei, democracia, Gerson Freitas Jr., política

Por  Gerson Freitas Jr.

“Coloque asas numa estrela vermelha e você terá um tucano”, do blog do Movimento Endireita Brasil

O debatedor pergunta na TV: o Cansei (Movimento Cívico pelo Direito dos Brasileiros) é legítimo? É, e não se discute. Em uma democracia, todos têm o direito de se cansar do que quer que seja e, é claro, de manifestar os motivos do cansaço. E não importa se os cansados são os representantes do que Cláudio Lembo um dia chamou de “elite branca”. 

A questão aqui passa a ser: o que o Cansei propõe para o País? Até o momento, nada. O Cansei soa mais como um desabafo, um grito contra “tudo o que está aí” – o que não é pouca coisa. Parece mais uma explosão emotiva diante do desastre aéreo do mês passado do que um movimento político organizado, ainda que tenha lá suas predileções político-partidárias fortemente contrárias ao governo Lula.

Está longe, portanto, de ser um movimento golpista, como acusaram membros do governo e o próprio presidente Lula. Se peca, peca pela superficialidade, a mesma que condena movimentos e protestos contra a violência ou a favor do meio-ambiente à total falta de efetividade.

Parece claro, contudo, que uma nova direita parece emergir na esteira dos últimos protestos contra o governo. Nova direita que, em si (seus princípios políticos, sociais e econômicos), não tem nada de nova, mas que se diferencia daquela que habita o debate político-partidário (e, desde sempre, o poder) por assumir-se como é. 

Desde a redemocratização, o discurso dominante nos governos e nos partidos que dele fizeram parte está mais próximo da esquerda do que da direita, por absurdo que possa parecer aos mais radicais.

Houve, é verdade, uma forte retórica liberalizante no início dos anos 90, especialmente nos governos Collor e FHC-1. Algumas reformas pró-mercado e privatizações dele brotaram, mas com alto preço político – tanto que, nas últimas eleições, Alckmin não conseguiu se defender quando Lula o ligou às privatizações da era FHC, como se acusado de algum crime sem defesa.

Por isso, chama a atenção quando surge um movimento como o Endireita Brasil, cujo porta-voz é um advogado de apenas 32 anos, candidato derrotado para deputado federal nas últimas eleições pelo antigo PFL.

Movimento que defende, para começo de conversa, “a primazia das liberdades individuais sobre o interesse coletivo” e “sólidos valores morais e éticos” . Em outras palavras, põe fim ao enfadonho discurso “do social” e coloca as cartas na mesa.

Para o bem, acredite, porque elucida o debate… E só.

Anúncios

2 Comentários so far
Deixe um comentário

No fim é só mais do mesmo.

Comentário por Olívia Andreolli

Pesquisando sobre o a direita descobri esse blog, parabéns a equipe toda. Gostei.

Mas falando em direita, apresento aos amigos meu amigo Tamazato, esse sim da Direita conservadora e candidato à vereador em São Paulo pelo PTC.

http://www.tamazato.wordpress.com

Monarquista, federalista, municipalista e sempre foi da iniciativa privada. e como vcs blogueiros e o Ricardo Salles, o Tamazato é jovem também.

Eu com 51 anos e sempre morando em S. Paulo fico feliz em ver jovens com animados para o bom combate.

Comentário por P. E. O. Freitas




Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: